Essa garota...

22:48





Sinto falta da minha infancia sabe, dos momentos felizes que passei junto de amigos que não sei ao menos onde estão hoje.
Lembro que quando pequena, brincávamos na rua de tudo que tínhamos direito,   de esconde, garrafão, jogar vôlei, futebol, pular amarelinha, haa você se lembra de  como se pula elástico ainda?? Eu quase já não me lembro. Se soubesse que crescer fosse tão difícil teria reclamado mais, não teria pedido tanto pelos meus 18 anos.
No começo não via  a hora dos meus quinze anos acontecer, seria pra mim um momento marcante, estaria me tornando uma “ mulher”,  mera ilusão, só mudaram poucas coisas, como eu achar que já podia usar maquiagem sem me preocupar, ou a conta de matemática no colégio passar de soma pra bendita formula de baskara. Até hoje não entendi a necessidade dessa benditas contas no meu dia a dia. Se ao menos imaginasse que seria apartir dessa idade que começaria a maltratar meu coração, teria preferido ter meus 7 anos, onde eu dormia no sofá as 20h da noite achando que era tarde, e acordava na minha cama corberta e aconchegante.
Engraçado que todas as coisas boas da nossa infância soh conseguimos valorizar depois que já passaram, depois que o desenho de manhã já não é mais o mesmo dublador de quando eramos pequenos, ou quando notamos finalmente que a caverna do dragão nunca chegou ao fim.
É a partir dos meus quinze anos que comecei a chorar por uma paixão. Aquele carinha que todas morrem de amor e ele nem dava bola, é nessa idade que surge a ideia de termos que dar nosso beijo de língua logo para não ser zuada pela turma. 
Se eu soubesse  que seria apartir dessa idade que sofreria jamais teria pedido tanto pra que ela chegasse, foi uma ilusão por vez, depois chega o primeiro namorado, ai as coisas começam num mar de rosas e você se entrega achando que vai ser o cara que irá casar, mas ai dpois a fixa cai e o coração volta a chorar.  Uma ilusão, dpois outra até que você chega ao ponto de falar não quero mais.Não quero mais namorar, não quero mais saber de homem, não quero mais saber de chorar por homem. 
Você se transforma,  se liberta, e resolve mudar, ser uma mulher fria, mas confiante de si mesma, mal sabe pobre garota que não passa de uma mascara, daquelas que esconde por dentro um coração a espera de um outro pra fazer feliz,por dentro  existe uma garota frágil , carinhosa e cheia de amor pra dar, e um espaço especial pra receber amor também .
Mas um dia, essa garota vai descobrir tudo isso, vai amar alguém tendo a certeza que vai ser pra valer, e ai sim essa mascara cai e ela se revela linda e realmente confiante de si mesma.
Essa garota vai amar e ensinar o verdadeiro amor pra quem realmente a saiba valorizar.


You Might Also Like

0 comentários

obrigada por seu comentário, e seja bem vindo ao blog
"Os centímetros a menos"