Sexo fragil o ca**- precisamos de mais feministas sim!

00:37




Vou polemizar o assunto feminismo de um modo diferente, vou ser julgadas por muitas eu sei, chamada de puta, loca, promiscua e o que mais tiver de sexualmente ofensivo, mas esta é minha opinião.
Cresci num país machista, onde mulher deveria ser dona de casa e homem trabalhar para sustentar uma família, onde as mães incentivavam as filhas a casarem com um homem rico, porque homem pobre só é atraso de vida. Mas olha, esse mundo mudou de ponta cabeça.  Ninguem me ensinou a ser feminista não, mas me ensinaram a ser forte e buscar por uma vida cada vez melhor, com isso aprendi que eu tenho que estudar para ter um emprego digno,  aprendi que preciso lutar pelos  meus ideais se eu quiser ter a vida que desejo.
Hoje, os conselhos que recebo de meus pais são: estuda, trabalha e construa sua vida antes de se envolver com alguém, assim se algo der errado você terá sua vida e não caira na miséria. Aprendi também, que o real significado de casar com um homem rico, não é casar com um um homem rico realmente, mas buscar alguém que assim como você tenha desejos de crescer, e além de tudo crescer juntos. 
O feminismo não é de hoje, mulheres sempre buscaram sua liberdade, e muitas já se dizem por libertas após a conquista do voto, do direito do trabalho e da separação. Mas , nós sabemos que isso não é real, ainda temos muito o que conquistar, muito o que reivindicar.  
Li um texto que fala sobre a liberdade dos mamilos, muitas coisas eu concordo, pois se um homem pode andar sem camisa, por que não podemos?, ma.s as coisas não são fáceis assim de explicar. Primeiro, porque existe muito preconceito de grande parte da sociedade do século passado que vão te julgar por isso. Segundo uma raça chamada homem, mas homem que eu digo do sexo masculino, que vê malicia , desejo ou tesao ao ver seios fartos ou ate mesmo pequenos a mostra. Esse é um motivo que faz com que exista o bendito sutian, aquela peça que ao tirarmos depois de um dia exausto nos tras um alivio enorme.  
Mas, minhas amigas, algo que não vai acabar com essa peça incrível é a vaidade feminina.
Sabe por que? Porque 99,9% das mulheres que usam, apreciam a peça por sua beleza e pelo fato deles levantarem nossos queridos seios, e que mulher não se sente bela com seios fartos e empinados? Quase todas.
A mulher já é livre , pois se não fossemos estaríamos todas sendo condenadas por buscar seus direitos e expressar sua opinião sobre o feminismo, e além de tudo seriamos condenadas por se opor ao machismo.
Machismo que não aceita que somos feministas e mesmo assim ter sentimentos, aquela droga de sentimento que mesmo você sendo forte, sendo firme sobre sua opinião e desejos sobre o mundo feminino, você acaba se envolvendo com alguém do sexo oposto e sofrendo.
Sim, meu caro sou mulher, sou feminista e sofro de amor, porque  a lei da natureza é essa, ela nos permite sofrer de amor mesmo sendo forte sobre meus direitos.
O que as pessoas não feministas não entendem é que chegamos a tal ponto de não acreditar mais nos homens por todas as coisas que passamos ou que vimos alguém passar.
Que mulher hoje não tem uma conhecida que foi traída, que é separada ou que foi abandonada com filhos pra criar?
Não é fácil acreditar e não sofrer por seres tão frios a ponto de se entregar ao desejo da carne e não respeitar quem esta tentando fazer de tudo para que fossem felizes?  Não estou dizendo que mulheres não traem, pelo contrario, elas traem sim, mas não são todas e as que traem tem grandes mestres: os homens. 
Pois eu vou continuar hasteando a bandeira do feminismo, continuarei sendo forte e mantendo minha opinião, mas sim eu também posso sofrer de amor de novo porque acima de tudo sou ser humano.
Julgue o quanto achar necessário, mas não vai mudar minha opinião. Eu não serei vagabunda se dormir com um cara na primeira noite, eu não serei vadia se beijar mais de um cara numa festa, e eu não vou estar errada se eu não casar, não sou obrigada. Pra ser traída, maltratada e enganada? Jamais.  Prove-me ao contrario e ai lhe digo se posso confiar.
Porra quantas mulheres são estupradas por ai sem que ninguém saiba, quantas são maltratadas por seus maridos, namorados, pais...  Liberdade feminina, feminismo seja a palavra que você dê pra isso é necessário sim para a mulher, porque ela precisa saber que ela não é obrigada aceitar atitudes dessas.
Quantos homens saem no jornal porque foram estuprados por uma mulher? Somos loucas sim de ter ciúmes, de fazer escândalo, mas não somos loucas o suficiente de tentar algo sexual  que os homens não querem  pior que pode até acontecer do idiota acabar gostando.
Entendam, somos fortes porque suportamos a dor do parto, a dor  de ter o coração ferido por um idiota, a dor de saber que é difícil não nos envolvermos com pessoas que não vão saber dar valor para o que demonstramos e fazemos, suportamos o puxão de cabelo durante a escova, o calor da chapinha em dias quentes, o fio dental entrando toda hora, o sutiã subindo, a cutícula sangrando e fazer a sobrancelhas. Suportamos cólicas, sangramentos. Somos fortes, mas ainda somos conhecidas como sexo frágil por isso vou atrás dos meus direitos.

Quero sim direitos iguais, e se puder quero mais direitos do que você.



JULIANA ITO 





You Might Also Like

0 comentários

obrigada por seu comentário, e seja bem vindo ao blog
"Os centímetros a menos"