Jasmim erotico - participação co-autor misterioso

00:10





* Texto com participação de co-autor misterioso. 


Ela  chega na festa de sua amiga, esta com aquele vestido vermelho que tanto ama, combinado com seu scarpam preto e sua lingerie predileta. Tinha combinado de encontrar com ele na festa,mas não faz ideia se ele chegou então resolve ir até a cozinha pegar uma bebida.
Encostado na porta vendo-a perto das bebidas , resolve então entrar sem que ela o veja.
Ela abre a geladeira para pegar a bebida que esta na parte de baixo da porta da geladeira, seu vestido levanta suavemente , então ela levanta coloca a bebida em cima da mesa e arruma seu vestido, mal sabe ela que  ele a observa de costas.
Ele se aproxima dela chegando o mais próximo que pode sem que ela o note, então bem próximo ele sussurra em seu ouvido com sua voz suave  Faltou a minha, se esqueceu de mim?” Ela se assusta  mas nem precisa se virar para saber que falou com ela, sua voz é inconfundível.  “você veio!” diz surpresa por ter realmente vindo a festa.   “ vou pegar uma bebida pra você.” Então ela se vira novamente e abaixa , e novamente seu vestido levanta, um pouco mais do que da vez anterior, estende a mão e pega mais um copo sobre a pia.
Com um sorriso bobo ele pega o copo  dela e com a outra mão segura sua cintura, “não perderia essa noite por nada”. Ela sorri e abaixa a cabeça sem graça e da um sorriso.
 “ Obrigada , veio com alguém?” , sem responder a pergunta dela desliza sua mão cintura a baixo   sentindo sua coxa ,e chega mais perto de seu ouvido e diz em voz baixa “ não achei que estaria tão legal essa festa”. Ela fica arrepiada e incialmente concorda com a cabeça. Já esta ficando ofegante com o toque dele. “ Eu também não achava que iria ser tão empolgante”  Ela da um passo para trás e encosta na pia. (ele) se aproxima mais de Ela com as mãos em volta dela se apoiando na pia e olhando diretamente em seus olhos, e diz com um sorriso malicioso “ e ela ainda pode ficar melhor” diz tentando adivinhar qual seria a cor da calcinha dela, ou se estaria usando uma.
Ela retribui seu sorriso malicioso adivinhando as intenções dele. Fala baixo em seu ouvido “ pode ter certeza  que vai ficar melhor”.
O vestido dela esta um pouco mais elevado do que o normal, deixando aparecer brevemente sua calcinha , mas ela não se importa e não faz questão de abaixar, sua intenção é provoca-lo com isso, e então levanta sua perna e coloca colado a coxa de (ele) quase na altura de seu quadril .
Ele olha para baixo acompanhando os movimentos dela, passa a mão pela cintura dela e depois para a barriga, e para provoca-la desliza um dedo traçando uma linha da barriga , passando por seus seios até seu queixo fazendo com que seus rostos se alinhem  olhando no fundo de seus olhos. Nesse momento ele inclina o rosto e aproxima seus lábios nos dela, chegando próximo o suficiente para sentir apenas o hálito dela, ao mesmo tempo em que olha em seus olhos esperando sua reação.
Ela  fica sem ar pela aproximação dele, mas em seguida não resisti e o puxa passando a mão por seu pescoço  segurando firme o cabelo dele para um beijo quente e intenso. No inicio é apenas um beijo lento                                                                             ficando cada vez mais feroz e intenso, automaticamente sua perna sobe na altura de seu quadril.
No momento do beijo ele sabe o que tem que fazer. Entao aumenta a intensidade do beijo segurando nos cabelos lisos dela com uma das mãos enquanto a outra descia para a bunda com um firme aperto trazendo seus corpos para mais próximo encaixando o quadril dela no seu, fazendo com que ela sinta o volume em sua calça por estar tão excitado com essa pegada.
Ao sentir seus quadris encaixados ela sente o volume na calça dele. Então tira uma de suas mãos do pescoço dele e desliga do tórax para a barriga e o puxa para mais próximo pelo cinto. AO mesmo tempo em que Julie percorre sua mao pelo corpo dele que repete o movimento no corpo dela ao sentir ela o puxando para mais perto resolve cessar o beijo dando um passo para tras.
Ela fica sem reação e automaticamente sem graça também, então ajeita o vestido e se vira para pegar o copo que toma todo em apenas um gole.
Ele  percebe a duvida pairando no rosto dela e com um sorriso gigante diz com uma voz firme “ te espero nos fundos, aqui não te darei metade do que você precisa agora”, e então se vira e sai da cozinha se perdendo no meio das pessoas da festa deixando seu copo ainda cheio.
Ao ver ele saindo ela vira o copo dele também em apenas um gole, e para criar coragem resolve beber mais um, logo decidi ir porque Julie quer muito que ele a possua de todas as formas safadas possíveis. Enche mais um copo e vai bebendo aos poucos no caminho . Sai em meio a multidão a sua procura e logo o encherga na varanda principal  onde tem  um sofá e os jasmins , atráves da fresta da cortina. Ao se aproximar ele desaparece de sua vista, então ela entra e se vira para trancar a porta. Quando ele a percebe entrar se aproxima colocando a mao em sua cintura  apoiando seu corpo contra o dela  fazendo co m que ela tenha que se encostar na porta fazendo um leve estalo das juntas da porta. Então sussurra no ouvido de Julie “agora você é minha” aperta sua cintura    contra o corpo dele fazendo com que se encaixe  mais sua bunda em seu quadril.  
Surpresa com a chegada dele e quando sente seus corpos unidos   sente um arrepio na espinha e empina mais um pouco para sentir o volume na sua bunda, então se vira e o agarra e o beija um pouco mais intensamente que o beijo da cozinha,.  Ela o puxa para mais perto pouco se fudendo se ele vai tentar se afastar de novo colando seu corpo no dele frente a frente.
Ele aproveitando os movimentos dela puxa sua coxa pra cima levantando-a do chão e encaixando sua perna em volta da sua cintura, em seguida sua mão vai para a bunda dela com um pouco de força deixando claro seu desejo. Com ela no colo começa a caminha para o sofá  retribuindo com intensidade o beijo dela que vem com tanta vontade quanto ele esta sentindo seu corpo nesse instante.
Ela deixa ser guiada para o sofá ainda em seu colo  o beijando cada vez mais, uma de suas mãos o agarra pelo cabelo, enquanto a outra desliza por todo seu corpo.
Ele sobe seu vestido passando suas mãos por dentro dele, subindo próximo aos seios por fim terminando de despi-la tirando por completo seu vestido.
Ela o deixa guia-la para o sofá.  Eles sentam e ela sobe no seu colo o beijando cada vez mais.  Uma das suas mãos agarra seu cabelo e a outra passa por todo seu corpo.
Ele sobe o vestido dela passando sua mão por dentro dele. El sabe até próximo aos seios, então ele a empurra e termina de subir e tirar seu vestido.
Nesse momento ele olha em direção a seus seios e repara que nunca tinha reparado em seu corpo como tem a oportunidade agora.
Então ele a puxa para continuar beijando e desliza a mão pelas suas costas até o sutiã para tirá-lo e com os dedos o destaca
Ela começa a ficar molhada com seu toque.  Sua mão desce para a calça dele e desabotoa, descendo sua calca ate o joelho  pra que ele termine o serviço. Ele termina de tirar a calça. Empurrando um pouco para trás, então com uma mão ele segura em seu cabelo e direciona sua cabeça para seu pescoço fazendo com que ela deslize os lábios por ele e com a outra mão ele empurra sua cintura para tirar de seu colo então diz a ela:
- Desce e me chupa.
Ela olha diretamente em seus olhos com um olhar malicioso. Ela se ajoelha na sua frente e coloca seu pau na boca com movimentos leves no começo  intensificando. Cada vez mais rápido. Ao mesmo tempo em que o olha pra saber sua reação
Ele sentindo os lábios dela em seu pau, chupando levemente, ele olhando diretamente para ela com a boca semi aberta começando a ficar ofegante. Ele segurando sua cabeça, ela então intensifica a chupada e ele não consegue segurar um pequeno gemido e inclina sua cabeça para trás e olha diretamente para o céu.
Isso, agora ele se sentia no céu.
Vendo a reação dele ela continua intensificando seus movimentos e chupando cada vez mais.  Uma mão em seu pau e outra na coxa dele para manter o equilíbrio. Ela solta um gemido baixo ainda fazendo o movimento.  Ela percebe que  logo menos ele vai gozar. Ele olha novamente pra ela então puxa seu cabelo fazendo sua boca deslizar em seu pau até sair fazendo um  leve estalo "Ploc" então ele se levanta fazendo com que ela se levante também e invertem os papéis.
Ela se deita no sofá e ele começa a beijar seu pescoço deslizando a mão em um de seus seios. Ela fica louca de tesão e fala baixo o suficiente para ele ouvir
-me chupa vai por favor - pede gemendo baixo. Segura o cabelo dele faz com que a sua cabeça vá para a barriga... esperando a reação dele
Ele desce beijando sua barriga então chega na beira de sua buceta,  então ele lambe suavemente sentindo o gosto dela na ponta da sua língua. "Tão doce quanto mel" o pensamento paira em sua mente trazendo mais desejo pra ele então ele passa um de seus dedos trazendo todo aquele mel e levando até a boca dela então ele beija seu clitóris dando uma leve chupada e soltando novamente, chupando um pouco mais forte e soltando novamente . Ela fica louca com ele chupando-a.  Incrível com o ele encontrou seu ponto G.
Ela segura no braço do sofá, o tesão esta enorme então uma de suas mãos segura a cabeça dele para que continue. Ele vê o quanto ela se contorce e procura sem eficiência algum lugar para segurar pra distribuir sua tensão.
Ele então decide que é hora de se juntar a ela. Ele a beija e inclina o corpo em cima do dela deixando seu pau entre as pernas pronto pra entrar.
Então bem devagar ele se encaixa dentro dela. Sentindo que a cada milímetro que seu pau entra mais próximo de um colapso ela se sente.
Ao sentir ele preenchendo  cada milímetro  dela seu corpo se contorce mais e ela fica cada vez mais excitada e movimenta os quadris para que seus movimentos sincronizem.
Seus corpos se movem juntos numa sincronia perfeita.  Cada milímetro de seu corpo pedia mais e mais.  Como movimentos em pêndulo eles vão se doando prazer, ele olhando o corpo dela se contorcer a medida que o movimento se intensifica e cada vez  entra com mais força.
A cada estocada  ela fica mais louca esta quase chegando a um orgasmo.  Ela sobe o quadril pra ajuda-lo á ir com mais intensidade. Segura  em suas costas e sem pensar  o arranha um pouco. Em seguida segura em seus cabelos( sim ela gosta de cabelos ).
Em seu ouvido ele sussurra  “ goza pra mim”. Ela geme baixa e segura mais firme seu cabelo.  Arqueia as costas e uni mais seus corpos realmente esta quase gozando.
“goza comigo....”
Diz baixo com o Braço já envolta de seu pescoço sentindo todo seu corpo já suado colado ao dela. Ele continua um pouco mais forte, mais rápido,  mais fundo e com mais vontade...
Ele não segura sua respiração, ele não consegue se controlar. Então ele diz novamente com a voz mais trêmula e mais rouca. “goza pra mim.”
As pernas dela começam a tremer ela esta quase la.  Então ela encosta a cabeça em seu peito pra sentir  o orgasmo chegando... “-goza comigo...  “ela insiste tremendo cada vez mais
Ele pressiona o corpo dela contra o dele com todos os músculos do seu corpo rígidos.  Sentindo a melhor sensação que um homem pode sentir. Então ele diz mais alto em um tom acima do normal quase como um sinal para ela se soltar “-vem comigo então.”
Ela então resolve ceder e sente o orgasmo mais profundamente então ela goza com um gemido intenso em seu ouvido....
Ele goza vendo o corpo inteiro dela se contorcer e seus gemidos entrando em sua mente como um canto de sereia para um marinheiro no mar, sentindo que sua missão estava cumprida trazendo prazer para sua parceira. Se dando prazer no que fez.
 Relaxando seu corpo ele se deixa apoiar em cima dela deixando seu corpo se moldar ao dela.




JULIANA ITO  FEAT CO-AUTOR MISTERIOSO

You Might Also Like

0 comentários

obrigada por seu comentário, e seja bem vindo ao blog
"Os centímetros a menos"