A lista - o livro pra levar pra toda vida!

12:00




Quem me conhece sabe bem o quanto gosto de devorar um bom livro, não é atoa que tenho uma prateleira de 250 livros fora os que peguei emprestado de amigos e bibliotecas. Entre esses milhares de livros muito sobre romances, dramas, comedias e uns muito especiais que falam sobre lições de vida.

Confesso não li todos os livros da minha prateleira e estou lendo aos poucos, agora que comecei a faculdade não tive tempo de ler muitos ou qualquer livro, mas como estou de férias resolvi pegar um livro aleatório da minha prateleira, eis que me deparo com um livro chamado  " A lista", a autora é Cecelia Ahern a mesma autora de PS eu te amo e simplesmente acontece, tenho certeza que já leu o livro ou assistiu os filmes e sabe o quanto essa mulher arrasa.

Quando comecei a ler esse livro não dei muita importância pra ele, era apenas uma leitura de metro no caminho de ida e volta do trabalho. Mas a cada pagina que passava notei que a personagem passava por um problema muito grande, e que muitos nós um dia já passou ou ai passar, eu mesma já passei e sei o quanto é ruim. Ele fala de erros grandes que cometemos, mas também de situações em que fomos envolvidos sem ao menos ter o nosso lado da historia contado, mas, o principal do livro é a lição de vida que ele da sobre todos esses problemas e situações que podem ser pequenas ou não que nos incomodam, bom, vou parar por aqui pois se eu continuar vou acabar contando o final do livro, acho que vocês não iam gostar não é mesmo? então é isso te garanto que é uma leitura que vai te comover e fazer ver a vida de um jeito diferente e especial.


You Might Also Like

2 comentários

  1. Gosto de ler também, mas ultimamente tenho preferido voltar a ler os clássicos da literatura para aumentar a minha base.
    Mas se eu ver este livro nas livrarias vou dar uma folehada! Bjo Ju

    Zíper Chique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lê sim van, esse livro é um amorzinho <3

      Excluir

obrigada por seu comentário, e seja bem vindo ao blog
"Os centímetros a menos"